JALES - SP | NATIVA 93,1

Após 7anos, Jales volta a realizar a Conferência Municipal de Segurança Alimentar e Nutricional

Centenas de pessoas, entre representantes do poder público e da sociedade civil, participaram na manhã de quinta-feira, dia 13 de julho, na sede da Escola Vocacional, da Conferência Municipal de Segurança Alimentar e Nutricional, que após sete anos voltou a ser realizada em Jales. A segunda edição abordou o tema central “Erradicar a fome e garantir direitos com Comida de Verdade, Democracia e Equidade”.

Participaram da segunda edição da conferência, a vice-prefeita Marynilda Cavenaghi, o bispo diocesano de Jales, Dom Reginaldo Andrietta, as secretárias municipais de Agricultura, Pecuária, Abastecimento e Meio Ambiente, Sandra Gigante, de Saúde, Nilva Gomes Rodrigues de Souza, de Desenvolvimento Social, Pérola Fonseca Cardoso, o vice-presidente do Conselho Municipal de Segurança Alimentar e Nutricional de Jales (COMSEA), Vitor Inácio Fernandes da Silva e o vereador, Bruno de Paula, que representou a Câmara Municipal de Jales. Também estavam presentes no evento, comandado pelo secretário de Administração, Reginaldo Viota, os secretários municipais de Comunicação Social, Douglas Zilio, de Segurança Pública e Mobilidade Urbana, Wagner Coneglian e os vereadores, João Zanetoni e Hilton Marques.

O encontro foi realizado pela Prefeitura de Jales, por meio da Secretaria Municipal de Agricultura, Pecuária, Abastecimento e Meio Ambiente e do Conselho Municipal de Segurança Alimentar e Nutricional de Jales (COMSEA).

A conferência tem o objetivo de proporcionar um espaço democrático de discussões e reflexões no âmbito municipal, buscando consolidação do princípio da prioridade absoluta, preconizado na Constituição Federal e na Lei Orgânica de Segurança Alimentar (Losan) – 11.4346/2006, que cria o Sistema Nacional de Segurança Alimentar e Nutricional – SISAN.

O evento teve início com uma bela apresentação musical dos cantores Paulinho Viana e Isa Frassato.  Após a execução do Hino Nacional Brasileiro e do Hino de Jales, as autoridades da mesa fizeram o uso da palavra. As secretárias Sandra Gigante, Pérola Cardoso e Nilva Gomes, o vereador Bruno de Paula e o vice-presidente do CONSEA, Vitor Inácio enfatizaram a importância da conferência e do tema abordado.

O bispo Dom Reginaldo Andrietta ressaltou que, “se nós não tivermos a oportunidade de chorar e lutar por aqueles que vivem na carência, não poderíamos ser chamados de seres humanos”. O bispo ainda frisou sobre o senso de partilha que precisa ser despertado nas pessoas. “Eu expresso aqui o meu desejo de ainda poder ver a partilha acontecendo nesse país. E tudo começa conosco, por isso comecei a falar da importância do Conselho Alimentar antes mesmo dele ser reativado pelo governo federal. E, graças a Deus, nós tivemos a instituição deste Conselho. Todos nós, todos e todas, em qualquer nação temos responsabilidade diante daquilo que é fundamental, sobretudo a alimentação”.

A vice-prefeita Marynilda pontuou que, “falar sobre a segurança alimentar e nutricional é um tema de grande relevância, considerando que saímos do âmbito de oferecer um prato de comida para oferecer qualidade de vida, respeito e dignidade à comunidade. O prefeito Luis Henrique e eu temos o compromisso de manter o pioneirismo sobre o tema em nossa região, assim como já dito aqui, tendo em vista que Rio Preto é a única cidade mais próxima a desenvolver o tema, dando continuidade ao compromisso de devolver a Jales o reconhecimento de Centro de Região”.

Na sequência, o secretário de Administração, Reginaldo Viota fez a leitura do regimento da Conferência para a aprovação dos participantes, o que acabou acontecendo. Ele também anunciou a formação da mesa redonda para a introdução sobre o tema, que foi feita pela representante da Secretaria de Desenvolvimento Social, Nilcemara Veroneis Rossini, pela representante da Secretaria Municipal de Educação, Ellis Ângela Guedes de Moura, pela representante da Secretaria Municipal de Saúde – Vigilância Sanitária, Patrícia Albarelo Ribeiro Oliveira e pela representante do Sebrae, Eliana Germano. Dados importantes como a grave situação da fome no país foram pontuados por elas. “Ontem, o governo federal atualizou o mapa da fome no Brasil e cerca de 9,9% da população não tem o que comer”.

Antes do encerramento, os participantes foram divididos em três eixos estruturantes de discussão. No Eixo 1, a Socióloga da CATI, Rute Bernardo Pinto comandou o tema “Determinantes Estruturais e Macrodesafios para a Soberania e Segurança Alimentar e Nutricional”. No Eixo 2, a Engenheira Agrônoma, Silvia Andreu Avelhaneda Pigari, comandou o tema “Sistema Nacional de Segurança Alimentar e Nutricional e Políticas Públicas Garantidoras do Direito Humano à Alimentação Adequada”. Já no Eixo 3, a Assistente Social, Maria Aparecida Moreira Martins comandou o tema, “Democracia e Participação Social”.

As propostas discutidas nos três Eixos foram levadas à plenária para votação, para que posteriormente sejam encaminhadas para a Conferência Regional de Segurança Alimentar, que será realizada em Votuporanga. Por último foram eleitos os delegados que estarão presentes nesta Conferência para defender as propostas discutidas em Jales, entre eles, as representantes do Poder Público, Patrícia Rozan Soares Beloto e Olívia Natalina Mantelato, e os representantes da sociedade civil, Vitor Inácio Fernandes da Silva, Neli Antônia Meneghini Nogueira, Sérgio Yoshimi e Sônia de Lima Gigante Colombo.

A Conferência de Segurança Alimentar contou com a participação da vice-prefeita Marynilda Cavenaghi, do bispo Dom Reginaldo Andrietta, do secretário de Administração Reginaldo Viota, das secretárias municipais de Agricultura e Meio Ambiente Sandra Gigante, de Saúde Nilva Gomes, de Desenvolvimento Social, Pérola Cardoso e do vereador Bruno de Paula
Centenas de pessoas, entre representantes do poder público e da sociedade civil, participaram do evento
O bispo diocesano de Jales, Dom Reginaldo Andrietta participou da Conferência
O evento também contou com a presença da vice-prefeita de Jales, Marynilda Cavenaghi
O vice-presidente do Conselho Municipal de Segurança Alimentar e Nutricional de Jales (COMSEA), Vitor Inácio Fernandes da Silva falou sobre a importância do tema
A secretária municipal de Agricultura, Pecuária, Abastecimento e Meio Ambiente, Sandra Gigante, responsável pela pasta que realizou a Conferência
Representante da Secretaria de Desenvolvimento Social, Nilcemara Veroneis Rossini, da Secretaria Municipal de Educação, Ellis Ângela Guedes de Moura, da Secretaria Municipal de Saúde- Vigilância Sanitária, Patrícia Albarelo Ribeiro Oliveira e a representante do Sebrae, Eliana Germano formaram uma mesa redonda para apresentação do tema
O Eixo 1 discutiu o tema ““Determinantes Estruturais e Macrodesafios para a Soberania e Segurança Alimentar e Nutricional”
O tema “Sistema Nacional de Segurança Alimentar e Nutricional e Políticas Públicas Garantidoras do Direito Humano à Alimentação Adequada” foi discutido pelos representantes do Eixo 2
“Democracia e Participação Social” foi o tema discutido pelo Eixo 3
Os cantores Paulinho Viana e Isa Frassato realizaram uma bela apresentação musical para recepcionar os participantes

Fonte: Prefeitura de Jales

Fique por dentro
Últimas notícias