JALES - SP | NATIVA 93,1

Inclusão e Autismo: Promovendo Compreensão e Igualdade

Fonte: Jornal de Jales

A inclusão de pessoas autistas começa com a compreensão e aceitação de suas necessidades específicas. Isso envolve educar a comunidade sobre o autismo, promover a empatia e combater o estigma e o preconceito associados a essa condição. Além disso, é essencial oferecer suporte e recursos adequados para que as pessoas autistas possam se envolver plenamente em todos os aspectos da vida, desde a educação e o emprego até o lazer e as relações sociais.

No Brasil, a Lei Berenice Piana – Lei nº 12.764/2012 criou a Política Nacional de Proteção dos Direitos da Pessoa com Transtorno do Espectro do Autismo, regulamentada pelo Decreto 8.368/2014 – garante os direitos dos autistas e os equipara às pessoas com deficiência.

A lei conhecida como Lei Romeo Mion, sancionada em janeiro de 2020, criou a Carteira de Identificação da Pessoa com Transtorno do Espectro Autista (Ciptea), essa carteira é emitida de forma gratuita por órgãos estaduais e municipais.

Na educação, é importante implementar práticas inclusivas que atendam às necessidades individuais dos alunos autistas. Isso pode incluir salas de aula sensoriais, adaptações no currículo e suporte individualizado. Professores e funcionários da escola devem receber treinamento adequado sobre autismo e estratégias eficazes para apoiar os alunos autistas.

A inclusão de pessoas autistas requer um esforço coletivo para promover a compreensão, aceitação e apoio às suas necessidades individuais. Ao criar ambientes inclusivos e acessíveis, podemos garantir que todas as pessoas, independentemente de sua condição, tenham a oportunidade de contribuir e prosperar em nossa sociedade. Isso pode incluir grupos de apoio, programas de lazer adaptados e eventos sociais inclusivos.

Cada um de nós tem um papel a desempenhar na promoção da inclusão de pessoas autistas. Podemos praticar a empatia, respeitar as diferenças e oferecer apoio mútuo em nossas comunidades e ambientes de trabalho. Ao reconhecer e valorizar a diversidade em todas as suas formas, podemos construir um mundo mais justo e inclusivo para todos. Ao celebrarmos a diversidade e promovermos a igualdade, não apenas estamos enriquecendo as vidas dos autistas, mas estamos também construindo uma sociedade mais compassiva, resiliente e harmoniosa para todos.

Mês de conscientização do Autismo é marcado com Caminhada

O Dia Mundial de conscientização sobre o TEA – Transtorno do Espectro Autista foi celebrado no último dia 02 de Abril. Em Jales para marcar a data a clínica Reabilitar organizou no sábado, dia 06 de abril, uma caminhada pelas ruas da cidade.

A caminhada teve por objetivo aumentar a conscientização e promover a inclusão das pessoas com TEA.
O tema da campanha desse ano foi “valorize as capacidades e respeite os limites”.

Mães, pais, familiares, crianças, profissionais e a população participaram desse evento, que foi realizado na praça Dr. Euplhy Jalles, com a participação de personagens infantis, pula-pula, pipoca e algodão doce. A equipe da Clínica Reabilitar esteve presente distribuindo brindes e tirando dúvidas, levando assim mais conscientização a sociedade.

Fique por dentro
Últimas notícias