JALES - SP | NATIVA 93,1

Saúde realiza Semana de Prevenção a Leishmaniose Visceral Americana

A Secretaria Municipal de Saúde, por meio do setor de Vigilância Epidemiológica, realizou a Semana de Prevenção a Leishmaniose Visceral Americana. A ação foi promovida em parceria com as Secretarias Municipais de Educação, de Comunicação e Desenvolvimento Social, Fundo Social de Solidariedade e ETEC.

A semana teve o propósito de levar informações para que a população possa se prevenir contra a doença, além de nortear os cuidados que valem tanto para seres humanos, quanto para os pets. Para isso, os professores das escolas municipais trabalharam o assunto com os alunos em sala de aula.  Em parceria com a ETEC, alunos do curso de Técnico de Enfermagem realizaram orientações nas salas de espera das unidades básicas de saúde e na EMEI Professora Diva Maciel Jorge, no Jacb.

Além disso, os agentes de combate às endemias espalharam diversos cartazes informativos sobre a prevenção da Leishmaniose Visceral Americana e fizeram a entrega de panfletos no comércio de Jales. As equipes do Fundo Social de Solidariedade e da Secretaria de Desenvolvimento Social também entregaram panfletos e orientaram os usuários de seus serviços. A Secretaria de Comunicação trabalhou o tema orientando a população em campanha realizada na mídia e em placas de outdoor espalhadas pela cidade.

É importante lembrar que a doença é transmitida pelo mosquito palha, que costuma se desenvolver em matérias orgânicas e em decomposição, como folhas e frutos. Além disso, esses tipos de matérias podem também ser utilizadas por escorpiões como esconderijo, por isso é imprescindível que cada morador faça a limpeza em seu quintal.

Outra ação preventiva é a não criação de galinhas em áreas urbanas, pois através de estudos, foi comprovado que as fezes do animal ajudam na proliferação do mosquito palha, e que o sangue da galinha é um dos alimentos preferidos do inseto.

‘’Nosso trabalho não para por aqui. Para que toda essa ação realizada tenha um resultado ainda maior, precisamos que nossa população também faça a sua parte, recebendo o agente em sua casa e autorizando a sua entrada no quintal, além de seguir as orientações que forem passadas’’, afirmou a coordenadora da equipe municipal de Combate às Endemias, Vanessa Tonholi.

Para quem tem pets em casa, devem ser tomados cuidados como o uso de coleira repelente, além de evitar passear com os animais nos finais de tarde, visto que esse é o horário em que o mosquito palha tem preferência de agir. Ações como essa protegem a saúde de toda a família.

Estagiários do curso de enfermagem da ETEC fizeram a apresentação do material orientativo sobre a Leishmaniose para alunos da rede municipal de ensino.
Cartazes informativos foram colocados em pontos comerciais pelos agentes de combate às endemias
Outdoors foram instalados em pontos de maior fluxo na cidade, alertando sobre a campanha
– Atividades relacionadas ao tema foram realizadas com os alunos pelos professores das escolas municipais
– Atividades relacionadas ao tema foram realizadas com os alunos pelos professores das escolas municipais
Panfletos alertando sobre os perigos em relação a Leishmaniose também foram distribuídos no comércio de Jales
Fique por dentro
Últimas notícias