JALES - SP | NATIVA 93,1

Secretaria de Educação inicia ano letivo com Formação Continuada aos gestores, professores e profissionais que atuam com a Educação Infantil

Fonte: Foco News

O ano letivo começou para os alunos da rede municipal de ensino no último dia 29 de janeiro, mas para os professores, gestores das escolas municipais e EMEIS (Escola Municipal de Educação Infantil) e profissionais que atuam com a Educação Infantil, o ano letivo teve início antes dessa data, com muito estudo e orientação na chamada Orientação Continuada.

​Com o objetivo de orientar, ampliar e disseminar conhecimentos, a equipe do setor de suporte pedagógico da Secretaria Municipal de Educação, formada pelas coordenadoras do Ensino Fundamental, Andrea Carla Peruche Rubio e Lucia Emi Nemoto Nishimoto e pelas coordenadoras gerais da Educação Infantil, Tamara Dienifer Peresi Viota, Marilene Aparecida Jorge do Prado e pela coordenadora da Educação Especial, Márcia Batista Ataídes, iniciou os trabalhos de Formação Continuada com a equipe de gestores, professores e profissionais da área da educação infantil.

​Os profissionais, educadores, agentes, professores e gestores, que atuam com bebês e crianças bem pequenas, nas EMEIs do município, vivenciaram momentos de estudos e reflexões sobre os desafios iminentes na educação para as próximas décadas, visando identificar soluções inovadoras e estratégias a fim de fortalecer o sistema educacional. Foram oportunizadas situações de comparações das concepções pedagógicas transmissivas e participativas, analisando de forma crítica os principais objetivos da educação e as diferentes perspectivas no processo de ensino e aprendizagem, com o objetivo de enriquecer o entendimento sobre abordagens educacionais e promover uma reflexão construtiva no campo pedagógico.

Os momentos de estudos foram direcionados pela professora formadora da Educação Infantil, Marilene Jorge, contando com a participação da coordenadora da Educação Especial, Márcia Batista Ataíde.

​Gestores e professores da Educação Infantil, atuantes no trabalho com criança pequenas ( 4 a 5 anos) e no ensino integral, reuniram-se com a professora formadora Tamara Viota, que realizou uma explanação sobre as perspectivas e desafios do trabalho a ser realizado com este público, direcionando e orientando sobre encaminhamentos a respeito do material produzido e utilizado pela própria rede municipal, quanto ao trabalho com letras, números, nome próprio, portfólio, sondagens e atividades de intervenções bimestrais.

​As professoras formadoras Andrea Carla Peruche Rubio e Lucia Emi Nemoto Nishimoto conduziram a reunião de formação com os coordenadores e vice-diretores das escolas de Ensino Fundamental, abordando a respeito da importância da fluência leitora. O objetivo foi refletir sobre como esse diagnóstico pode orientar na organização de práticas pedagógicas e intervenções, levando em consideração os diferentes perfis de leitores. Foram discutidas ações para o ano de 2024 no Ensino Fundamental, incluindo o acompanhamento pedagógico, reflexões sobre a rotina de trabalho do coordenador pedagógico, incluindo a importância da observação em sala de aula para identificar e disseminar boas práticas pedagógicas na unidade escolar, bem como o uso da documentação pedagógica para o monitoramento contínuo das aprendizagens. No contexto do Projeto “Atividade Complementar” de 2024, foram explorados temas como avaliação diagnóstica, o uso da documentação pedagógica como ferramenta de acompanhamento das aprendizagens e sugestões para os primeiros dias letivos.

Dando continuidade ao esforço de recomposição e recuperação das aprendizagens, particularmente necessárias em algumas turmas devido ao impacto da pandemia de COVID-19, os professores do 5º ano se reuniram para estudar e compartilhar experiências. O objetivo foi o de fortalecer as práticas de ensino na rede e promover avanços significativos nas aprendizagens.

​“Iniciar o ano letivo oferecendo momentos de formação em serviço aos professores é essencial para garantir que os profissionais estejam preparados e capacitados para enfrentar os desafios e as constantes mudanças do ambiente educacional. Anualmente os docentes da rede municipal de ensino de Jales recebem no mínimo 40 horas de formação continuada e/ou em serviço, refletindo em resultados que faz da educação de Jales uma educação de qualidade e excelência”, ressaltou a secretária municipal de Educação, professora doutora Adriana Mendes Juliano de Campos.

Fique por dentro
Últimas notícias